Acordo de ponto é discutido com Santander nesta terça (30)

A Contraf-CUT, federações e sindicatos se reúnem com representantes do Santander nesta terça-feira (30), às 14h, para discutir a proposta de acordo coletivo que trata do "Sistema Alternativo Eletrônico de Controle de Jornada de Trabalho, em conformidade com a Portaria nº 373, de 25/02/2011". O banco espanhol fará uma nova apresentação do ponto e os dirigentes sindicais terão oportunidade para esclarecer dúvidas e buscar soluções.

Vários bancos já assinaram acordos, como Bradesco e Itaú. "O objetivo do movimento sindical é garantir o registro correto da jornada de trabalho dos funcionários", ressalta o funcionário do banco e secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.

A reunião será realizada na sede da Contraf-CUT (Rua Líbero Badaró, 158 – 1º andar), no centro de São Paulo.

Retomada das negociações – As entidades sindicais seguem cobrando do banco a marcação de um calendário das reuniões previstas no acordo coletivo aditivo do Santander à convenção coletiva dos bancários, visando a continuidade do processo de negociações permanentes, como:

– Comitê de Relações Trabalhistas;
– Fórum de Saúde e Condições de Trabalho;
– Grupo de Trabalho do SantanderPrevi;
– Grupo de Trabalho do Call Center;
– Reunião sobre Igualdade de Oportunidades.

"Apesar da cobrança da Contraf-CUT, o banco ainda não definiu o calendário de reuniões", salienta Ademir.

"Queremos retomar o processo negocial com o banco, pois existe previsão dessas reuniões no aditivo, como o Grupo de Trabalho do SantanderPrevi, que visa construir um processo eleitoral democrático e transparente para o fundo de pensão que possui mais de 40 mil participantes. O prazo fixado para as conclusões do grupo é de 60 dias a contar da assinatura do aditivo, o que ocorreu no dia 11 de setembro, significando que esse período de dois meses termina no próximo dia 11 de novembro", alerta o dirigente sindical.

Reunião da COE Santander – Antes dos debates com o banco, a Contraf-CUT promove, às 10h, igualmente na sede da entidade, uma reunião dos integrantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander para discutir o acordo de ponto eletrônico, a partir dos debates feitos nos estados.

Os dirigentes sindicais também debaterão a retomada do processo de negociações com o banco.

Fonte: Seeb Curitiba e Contraf.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + onze =