Santander lidera reclamações contra bancos em março


O Santander liderou pelo segundo mês consecutivo o ranking de reclamações contra bancos com mais de um milhão de clientes. O número de queixas contra instituições financeiras aumentou 32,58% em março, segundo dados divulgados na segunda-feira (15) pelo Banco Central.

 Foram constatadas 2.356 reclamações procedentes no mês passado, maior número de queixas absolutas desde maio de 2009.

 Na lista vêm, em seguida, Banco do Brasil, Banrisul, Itaú e HSBC.

 "A liderança do Santander não surpreende, uma vez que faltam funcionários na rede de agências, o que foi agravado com o corte de 975 postos de trabalho em dezembro do ano passado, durante o processo de demissões em massa. Além disso, novas dispensas ocorreram nos primeiros meses de 2013, aumentando a sobrecarga de trabalho e piorando o atendimento aos clientes", avalia o secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.

 "Não foi à toa que o movimento sindical realizou um dia nacional de luta na última quinta-feira (11), com protestos em todo país, cobrando mais contratações, fim da rotatividade e das metas abusivas, combate ao assédio moral e melhores condições de saúde, segurança e trabalho", destaca o dirigente sindical.

 Para o diretor da Contraf-CUT, se não houver mudanças na gestão, o banco vai continuar liderando esse ranking. "Queremos que o Santander respeite o Brasil e os brasileiros", conclui.

Fonte: Contraf-CUT com Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − catorze =