Funcionalismo do BB elege representante ao Conselho de 3 a 7 de junho

Os funcionários do Banco do Brasil elegem pelo voto direto, de 3 a 7 de junho, seu representante para o Conselho de Administração da empresa, o Caref. Se nenhum candidato conseguir a maioria absoluta dos votos, os dois primeiros colocados disputarão o segundo turno, de 24 a 28 de junho. Têm direito a voto todos os 117 mil funcionários em atividade no BB.

O Conselho de Administração do Banco do Brasil é composto de sete membros: três indicados pelo governo federal, o presidente do banco, dois indicados pelos acionistas minoritários (que hoje são indicados pela Previ) e um eleito pelos funcionários.

"A eleição é uma conquista das centrais sindicais, capitaneada pela CUT. É uma conquista importante porque dará à representação dos trabalhadores o direito de participar da instância máxima do Banco do Brasil, onde são tomadas as decisões estratégicas, desde negócios, crédito, orçamento, investimentos, remuneração dos dirigentes, dentre outras questões", afirma William Mendes, secretário de Formação da Contraf-CUT e coordenador da Comissão de Empresa do Funcionalismo do BB.

A Lei 12.353/2010 determina que toda empresa pública ou de economia mista com mais de 200 empregados, controlada pela União, deve ter um representante dos funcionários no seu Conselho de Administração, escolhido pelo voto direto.

 

Apoiamos JULIO NO CAREF

 

O Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região apoia como CAREF, representante de todos e todas trabalhadores e trabalhadoras para o Conselho de Administração do Banco, JULIO CESAR SOARES VIVIAN, o Julinho.
Acreditamos na luta por um novo modelo de gestão democrática e participativa. É um REPRESENTANTE que possui compromisso com a democracia, com a qualidade dos serviços e com as condições de trabalho.

“Fazer parte do Conselho de Administração do Banco do Brasil é ter participação, um espaço de luta em defesa da democratização da gestão das empresas públicas, com a participação dos trabalhadores. É importatente que o funcionalismo possa incidir sobre os rumos da Empresa, se fazer ouvir e representar perante a direção do Banco” declara Julio Vivian.

Julio Cesar Soares Vivian (Julinho) é estudante de Ciências Sociais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Funcionário do BB há 13 anos, foi suplente do conselho Consultivo do PREVI Futuro. Representa, atualmente, a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Ramo financeiro do Estado do Rio Grande do Sul (FETRAFI/RS) na comissão de Empresa dos Empregados do Banco do Brasil (CEBB).

 

 

Fonte: Contraf-CUT com edição da Assessoria de Imprensa Bancax

 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + oito =