Denúncia do Sindicato de Rio Pardo garante VT no Banco do Brasil



 

 

 

O Sindicato dos Bancários de Rio Pardo garantiu mais uma conquista coletiva aos funcionários do Banco do Brasil. Em 2009, a entidade sindical fez uma denúncia contra o Banco ao Ministério Público do Trabalho, motivada pela supressão do vale transporte a trabalhadores que teriam direito ao benefício. A decisão do MPT restituiu o pagamento do VT, retroativo a 2008, a todos os funcionários do BB lotados em unidades de todo o Estado, que tiveram seus vales cortados de maneira unilateral pela instituição.

De acordo com o direção do Sindicato dos Bancários de Rio Pardo, todos os demais sindicatos filiados à Fetrafi-RS devem enviar a relação de trabalhadores que tiveram os benefícios suprimidos pelo BB ao Ministério Público do Trabalho. Com isso, o Banco será obrigado a efetuar o pagamento retroativo dos valores devidos, que hoje variam de R$ 4.500,00 a R$ 12.500,00.

A relação de funcionários atingidos pelo corte no VT deve ser encaminhada pelos sindicatos para o endereço eletrônico prt4.1grau.gab2@mpt.gov.br, ou pelo correio ao Ministério Público do Trabalho/Coordenadoria de Atuação em 1º Grau de Jurisdição (Rua Ramiro Barcelos, nº 104, Bairro Floresta – CEP 90035-000 – Porto Alegre/RS), aos cuidados do procurador do Trabalho, Paulo Joarês Vieira. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3284-3000.

Fonte: Imprensa/Fetrafi-RS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + dezessete =