Sindicato de Porto Alegre comemora 81 anos de protagonismo nas lutas

A comemoração dos 81 anos do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre iniciou com a formatura dos alunos da tradicional oficina literária, fruto do trabalho do professor Alcy Cheuiche, que nesta edição teve como tema "A saúde do trabalhador brasileiro: uma saga de 500 anos / La salud del trabajador brasileño: uma saga de 500 años".

O evento lotou o Salão de Festas da Casa dos Bancários na noite de quinta-feira (16). Bancários e bancárias prestigiaram com presença massiva a festa de aniversário da entidade.

Logo após a formatura, as autoridades presentes fizeram a sua homenagem ao Sindicato. Olívio Dutra, liderança histórica do PT, o ex-governador do Rio Grande do Sul, ex-ministro das Cidades, ex-prefeito de Porto Alegre e ex-presidente do SindBancários, parabenizou todos os bancários pelas oito décadas em que construíram essa entidade que é tão respeitada e que, em momentos difíceis, mostrou sua união em inúmeras greves que ampliaram os direitos dos bancários.

A importância do Sindicato para a redemocratização do país e a unidade da categoria foram expressas nas palavras de Rachel Weber, secretária-geral e presidenta em exercício do SindBancários. "Somos a categoria mais unida do movimento sindical e, por conta disso, construímos uma história em cima de conquistas para os bancários com muita luta e greves históricas. Não é a toa que somos a categoria que conseguiu aumento real por 10 anos consecutivos."

Juberlei Bacelo, diretor de comunicação da Fetrafi-RS e ex-presidente do SindBancários, lembrou que a entidade sempre representou o sonho de uma sociedade mais justa e igualitária nesses 81 anos. "As principais lutas da classe trabalhadora desse país foram protagonizadas pela categoria em busca de uma sociedade sem discriminações ou injustiças sociais."

O presidente da CUT/RS, Claudir Nespolo, destacou que se orgulha de ter o SindBancários como seu sindicato filiado. "A CUT estará sempre apoiando essa categoria, que está junto com a Central na busca por melhores direitos para a classe trabalhadora."

Fonte: Seeb Porto Alegre
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + um =