Bancários fecham agência do Itaú sem vigilantes em São Paulo

Os bancários fecharam mais uma vez uma agência corporativa do Itaú localizada na região central de São Paulo. unidade faz parte de um segmento experimental, um projeto piloto do banco, que não conta com a presença de vigilantes, sob a alegação de não haver numerário no local.

O fechamento foi nesta terça-feira 4, mesma data em que foi enviado à Polícia Federal um ofício denunciando o descumprimento da Lei 7.102/83, que trata de segurança privada e obriga a presença de vigilantes em agências bancárias. A mesma agência foi fechada na sexta-feira 31 e na segunda 3.

Segundo o diretor do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Antonio Alves, o Toninho, a unidade do Itaú permanecerá assim. "O Sindicato estará por perto para garantir a integridade dos trabalhadores", afirma.

O diretor executivo do Sindicato, Carlos Damarindo, afirma que representantes do banco se comprometeram a apresentar seus investimentos em segurança ao movimento sindical. "Independente do que for apresentado, não abrimos mão da proteção à vida dos bancários. Enquanto o conceito do banco é ter segurança onde está o numerário, o nosso conceito é manter a segurança e integridade das pessoas", conclui.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb São Paulo
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + cinco =