Sem Ar Não Tem Clima pra Trabalhar volta a parar agências em Piracicaba

Três agências bancárias de Piracicaba não abriram as portas para atendimento ao público nesta terça-feira, 11, por problemas no ar condicionado. A iniciativa de não abrir as agências faz parte da Operação "Sem ar não tem clima para trabalhar" promovida pelo Sindicato dos Bancários de Piracicaba.

Deflagrada na última sexta-feira, 7, a Operação foi motivada por reclamações de bancários e clientes pela falta de reparo em aparelhos de ar condicionado de duas agências do Banco do Brasil, localizadas na Avenida Doutor Edgard Conceição e Praça Takaki, ambas localizadas no bairro Paulista. Nesta terça-feira, duas agências do Banco Itaú foram alvo de fiscalização: Itaú Centro e Personalité, além da agência do BB da Praça Takaki, já fechada na última sexta.

Segundo o diretor Marcelo Abrahão, o sindicato recebeu uma denúncia na segunda-feira, 10, de que um cliente teria passado mal na agência do Itaú Centro, porque o ar condicionado não estaria funcionando normalmente.

Na manhã desta quarta uma equipe esteve no local onde constatou que o aparelho não comporta mais a necessidade da agência, causando problemas aos bancários e clientes. "Recebemos ainda a informação que no Itaú Personalité o ar condicionado só está ventilando, e a agência também foi fechada. Enquanto o problema não for resolvido, o banco não abrirá as portas, pois é desumano trabalhar em um local fechado sem ar condicionado", afirmou o diretor.

O setor de Relações Sindicais do Itaú de São Paulo entrou em contato com Abrahão ainda pela manhã, informando que o problema seria resolvido. Porém, segundo o diretor, o problema no ar condicionado vem se arrastando há mais de dois meses.

Os diretores que estiveram na agência do BB da Praça Takaki informaram que técnicos estiveram no local para tentar solucionar o problema, porém, afirmaram que precisam ser instalados mais aparelhos na agência para manter a temperatura exigida na Norma Regulamentadora 17, que varia entre 20ºC e 23ºC, e umidade relativa do ar não inferior a 40%.

A Operação continua nesta quarta-feira, 12, e se o problema não for resolvido, as agências permanecerão fechadas.

Reunião com o Cerest

Nesta quarta-feira (12), a partir das 15h, acontece reunião entre a Diretoria do SINDBAN e integrantes do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), na sede do Sindicato. A reunião foi agendada com urgência para que seja organizado um plano de ação e fiscalização para as agências bancárias de Piracicaba.

Fonte: Contraf-CUT e SEEB Piracicaba
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + doze =