Acordo Marco Global assinado entre UNI e Itaú

A Contraf-CUT divulga a íntegra do Acordo Marco Global assinado na última sexta-feira (21) com o Itaú, na sede do banco, em São Paulo. O documento foi firmado com a UNI Sindicato Global e foi subscrito pelo secretário-geral Philip Jennings, que saiu de Nyon, na Suíça, e veio ao Brasil para celebrar o primeiro acordo marco com um banco privado brasileiro. O Banco do Brasil foi o primeiro banco público do país a assinar esse instrumento.

Clique aqui para ler o instrumento assinado.
 

O acordo marco garante direitos fundamentais para os bancários do Itaú em todos os países onde o banco atua, como o direito à organização sindical, o direito de sindicalização, o direito à negociação coletiva e o direito à contratação.

Para o presidente da Contraf-CUT e da UNI Américas Finanças, o acordo "é um bom sinal para o sistema financeiro como um todo, reforçando a importância do diálogo e da negociação entre empresas e trabalhadores".

Philip Jennings ressaltou que o Brasil e suas instituições mantêm hoje um papel muito mais estratégico do que há dez anos.

"A assinatura desse acordo significa um avanço no sentido de garantir e reconhecer o direito dos trabalhadores de se organizarem. E de fazer com que a empresa busque implementar, em todos esses países, uma política de contratação sem discriminação. Temos de buscar por meio do diálogo social um constante avanço sustentável e esse acordo é um exemplo disso", disse o diretor regional da UNI Américas Finanças, André Rodrigues.

Também participaram da solenidade de assinatura o chefe mundial da UNI Finanças, Márcio Monzane, e a secretária regional da UNI Américas, Adriana Rosenzvaig, bem como vários dirigentes sindicais do Brasil, Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai.

Fonte: Contraf-CUT com UNI Américas e Seeb São Paulo
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 3 =