Cliente sofre tentativa de assalto e é morto em \’saidinha de banco\’ no Rio

O cliente Daniel Pereira, de 31 anos, foi morto na sexta-feira (28), em "saidinha de banco" após uma tentativa de assalto na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele foi assassinado por volta das 15h30, depois de sacar cerca de R$ 10 mil em um banco, cujo nome não foi divulgado.

O jovem chegou a andar pelas ruas durante 15 minutos com o dinheiro, quando foi anunciado o assalto. Os pais dele, que moram em São Paulo, receberam a notícia por volta de meia-noite, pelo irmão.

Parentes do jovem prometem lutar para que o caso não seja esquecido. Pelas redes sociais, eles organizaram um protesto, que tinha mais de 1,6 mil confirmados até a noite desta quarta-feira (2). Em entrevista ao G1, o pai dele, o advogado Carlos Artur, disse que "não vai deixar o crime passar em branco".

"Foi uma violência sem tamanho. Estive na delegacia de homicídios e fizemos todo o acompanhamento. Agora só podemos aguardar que justiça seja feita. A polícia está empenhada em pegar esse vagabundo", declarou Carlos.

Daniel terá missa de sétimo dia celebrada nesta sexta-feira (4) pelo padre Jorjão, na Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, na Zona Sul. Morador do Leblon, trabalhava com publicidade e organização de eventos, segundo a família.

Investigações

De acordo com a Polícia Civil, o delegado responsável está analisando imagens de câmeras de segurança da região e aguarda o recebimento de outras que já foram solicitadas.

Testemunhas e familiares já foram ouvidos e outras testemunhas estão sendo localizadas. Agentes da Divisão de Homicídios, que conduz as investigações, aguardam ainda o resultado dos laudos da perícia.

Fonte: Contraf-CUT com G1
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =