Chapa 1 vence eleição do Sindicato de Porto Alegre

A Chapa 1 – Juntos Somos Fortes, apoiada pela Contraf-CUT, venceu a eleição do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre para a gestão no triênio 2014-2017. Encabeçada pelo funcionário do Bradesco e atual diretor de Comunicação do Sindicato, Everton Gimenis, a diretoria eleita ganhou 3.957 votos (62,24% dos válidos). A Chapa 2 – Novo Rumo nos banc@rios, obteve 2.401 votos (37,76% dos válidos). O resultado consagra a vitória da chapa de situação.

O processo de apuração, iniciado logo após o encerramento da votação na quinta-feira (22), às 17h, só terminou às 23h desta sexta (23), no auditório da Casa dos Bancários, o que representou 30 horas, a mais longa apuração na história do Sindicato. No total foram 6.358 votos válidos, coletados entre terça (19) e quinta em 28 urnas na base territorial da entidade, que inclui 15 municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Baita vitória

"Parabéns aos companheiros e às companheiras da Chapa 1. Esse resultado coroa todo o processo democrático que teve intensa participação da categoria. Trata-se de uma baita vitória não somente para os bancários de Porto Alegre como também de todo o Brasil, reforçando a construção da unidade nacional da categoria com ousadia e mobilização ", comemora o presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro, que acompanhou as primeiras horas da apuração.

"Com a vitória da Chapa 1, o Sindicato que é um dos mais importantes do país avança firme na democracia e na participação e fortalece a unidade nacional, contribuindo para intensificar a luta da categoria e da classe trabalhadora no rumo certo para novas conquistas econômicas e sociais", salienta Cordeiro.

O presidente eleito do Sindicato exaltou a ampla e incontestável vitória nas urnas. "Nosso trabalho à frente do SindBancários não começou nesta semana de eleição nem no mês passado. Essa consagração é fruto do reconhecimento e da confiança depositada por uma categoria que quer ver seus dirigentes sindicais na luta por conquistas salariais, direitos e proteção. Os bancários da nossa base, tanto de bancos públicos e privados, mostraram que sabem diferenciar muito bem aqueles que promovem a unidade e fortalecem a categoria de quem é aventureiro e aposta na divisão", disse Gimenis.

O atual presidente do Sindicato, Mauro Salles, disse que a vitória reafirma um projeto, que não apenas inovou a gestão do Sindicato como ampliou a participação da categoria. "Nós construímos a Casa dos Bancários. E hoje demos uma resposta a um pleito que os nosso adversários apostaram numa estratégia de desgaste da entidade junto à categoria. A resposta veio à altura nas urnas numa vitória incontestável e merecida por toda a nossa diretoria", comemorou.

O presidente da Comissão Eleitoral e diretor da Fetrafi-RS, Arnoni Hanke, exaltou o cumprimento de um processo rigoroso de conferência e validação dos votos e a confirmação da total lisura da eleição. "Desde a assembleia que elegeu a Comissão Eleitoral, em março, cumprimos à risca toda a exigência legal e estatutária que rege o processo eleitoral no SindBancários. Consideramos que o trabalho saiu vitorioso porque conseguimos preservar o poder de decisão que as urnas tradicionalmente têm na nossa categoria. A luta dos trabalhadores não pode ser decidida no Judiciário, mas com os trabalhadores demonstrando a vontade legítima de participar da luta", avaliou Arnoni.

O presidente da CUT-RS, Claudio Nespolo, destacou a lisura do pleito e o exemplo de história de luta construída pelo SindBancários. "Esta vitória no pleito é muito significativa. Mostra mais uma vez que a CUT é a central mais representativa da luta. Apesar da campanha dos adversários tentar apresentar-se como um suposto novo, as urnas mostraram que este suposto novo é envelhecido. Trata-se de um sindicalismo de muita gritaria. O novo que eles apresentam não é tão novo assim", disse Nespolo.

A diretoria eleita assumirá a nova gestão em agosto, em data ainda a ser marcada.

Confira o resultado da eleição

Chapa 1: 3.957 (62,2% dos votos válidos)
Chapa 2: 2.401 (37,76% dos votos válidos)
Brancos: 75
Nulos: 46
Total de votos válidos: 6.358
Diferença: 1.556

Confira a diretoria eleita do Sindicato:

Diretoria Executiva – Titulares

Presidente: Everton de Morais Gimenis (Bradesco). Secretária-geral: Rachel de Araujo Weber (Caixa). Diretor Financeiro: Flávio José Pastoriz (Banco do Brasil). Diretor Administrativo: Ronaldo Brum Gonzales (Santander). Diretora de Comunicação: Ana Lucia Soares Guimaraens (Banrisul). Diretora Jurídica: Geovana da Silva Freitas (Bradesco). Diretora de Relações Sindicais e Organização de Base: Milena de Cássia Silva de Oliveira (Banrisul). Diretor de Cultura, Esportes e Lazer: Tiago Vasconcellos Pedroso (Caixa). Diretor de Saúde e Condições de Trabalho: Eduardo Munhoz Baptista (Itaú). Diretor de Políticas Sociais e Cidadania: Rogério de Rodrigues Rodrigues (Banco do Brasil). Diretor de Aposentados e Seguridade Social: Guaracy Padilla Gonçalves (Caixa). Diretor de Formação: Julio Cesar Soares Vivian (Banco do Brasil). Diretor de Financeiras e Terceirizadas: Carlos Eduardo Bobsin (Banrisul).

Diretoria Executiva – Suplentes

Luis Gustavo Vargas Soares (Bradesco); Natalina Rosane Gué (Santander); Lúcio Mauro Paz Barros (HSBC); Gilnei Vestfal (Bradesco); Luciano Fetzner Barcellos (Banrisul); Edson Ramos da Rocha (Bradesco); Paulo Roberto Stekel (Santander); Marilene Bruza Sá (Banrisul); Carlos Rogério Teixeira (Banrisul); Márcia Carvalho da Silva (Banrisul); Claudete Genuíno Marocco (Banrisul); Jailson Bueno Prodes (Caixa).

Diretoria de Apoio

Mauro Salles Machado (Santander); Sandro Artur Ferreira Rodrigues (Itaú); Ademir José Wiederkehr (Santander); Márcia Dresch de Oliveira (Banrisul); Cátia Cilene Nobre Nunes (Itaú); Cezar Augusto Vieira de Oliveira (Banrisul); Ernesto Humberto dos Santos (Itaú); José Orlando Ribeiro (HSBC); Vitor Luiz da Silva Moreira (Banrisul); Antonio Augusto Borges de Borges (Itaú); Ida Jaqueline Pellegrino (Santander); Fabiano Beneduzi (Banco do Brasil); Marcelo Ferreyro Paladin (Bradesco); Virginia Maria de Faria Jorge (Caixa); Nilton Correa Gomes (Bradesco); Daniela Silva de Sousa (Itaú); Eroni Batista Ribeiro (Banrisul); Carmen Lúcia Guedes (Santander).

Conselho Fiscal – Titulares

Celio Romeu dos Santos (Itaú); Volmar da Rocha Delgado (Caixa); Jairo Severo Soares (Itaú); Vagner Kobe Braga (Caixa); Fabio Moraes Dallanhese (Banrisul).

Conselho Fiscal – Suplentes

Luiz Carlos Cassemiro (Santander); Fernanda Umsza (Banrisul); Jorge Luis Consminski Lucas (HSBC); Pedro Luiz Maciel Alves da Silva (Banco Mercantil do Brasil); Ronaldo de Souza Gross (Bradesco).

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Porto Alegre
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 3 =