Após manifestações, Banco do Brasil prorroga prazo para reestruturação

Em resposta ao ofício enviado pela Contraf-CUT e às manifestações em todo o país, o Banco do Brasil informou que haverá extensão do prazo para readequação do quadro das dependências até 12 de janeiro de 2015.

O banco também reforçou o compromisso em dialogar com as entidades representativas dos funcionários no sentido de minimizar os impactos com realocação das pessoas envolvidas no processo.

A Contraf-CUT havia solicitado a suspensão do processo em razão dos problemas nas diversas localidades, com dificuldade de realocação e perdas devido ao fato de o plano de funções não ter sido devidamente dimensionado. Novas reuniões com o BB serão agendadas para apresentação de soluções aos problemas apresentados pelos funcionários.

Na última segunda-feira (10), os funcionários das Gecex de todo o país realizaram atividades com paralisações em protesto ao processo de reestruturação.

Para Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, "a prorrogação em 30 dias ajudará no processo de realocação em algumas localidades, mas ainda é insuficiente para a solução de todos os problemas. Continuaremos a insistir na suspensão do processo até que sejam dadas as garantias que não haverão perdas para os funcionários".

Fonte: Contraf-CUT

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 5 =