Em greve, vigilantes bloqueiam banco pelo segundo dia seguido

Pelo segundo dia seguido os vigilantes em greve impediram a entrada de clientes na agência central do Banrisul, na praça da Alfândega, Centro de Porto Alegre. Antes mesmo das portas abrirem nesta terça-feira, os grevistas já se postaram em frente as entradas principais da agência. Quem tentou entrar no banco foi impedido e os grevistas comemoraram a desistência dos populares.

A agência do Banco do Brasil, na rua Sete de Setembro, colocou um cartaz informando que não abriria nesta terça-feira. A razão seria a falta de vigilantes no local. Vigilantes em greve também se encontravam no local, mas não impediram a entrada de ninguém na agência.

A greve foi deflagrada nesta segunda-feira depois de uma reunião que ocorreu na quinta-feira. Os vigilantes reivindicam 12% de reajuste e R$ 18 de vale alimentação. Atualmente eles recebem R$ 14 como auxílio.

De acordo com a assessoria de imprensa do Sindi-Vigilantes do Sul, a manifestação tem abrangência estadual e visa bloquear a entrada de clientes em bancos para conscientizar a importância da categoria. No Rio Grande do Sul há cerca de 60 mil vigilantes.

Fonte: Correio do Povo on line
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + seis =