Jornada Internacional de Luta: resistência pelos empregos no HSBC

O Sindicato dos Bancários de Catanduva reforçou a Jornada Internacional de Lutas em defesa dos empregos no HSBC na última terça-feira (30). Diretores percorreram as agências da região para mobilizar os trabalhadores.

Ao longo do mês, o diretor e funcionário do HSBC Luiz Eduardo Campolungo esteve nas três agências da base – Catanduva, Ibitinga e Monte Alto -, apresentou o cronograma de venda do banco e mostrou as ações do Sindicato para preservar os empregos.

Em audiência no HSBC, no dia 29, dirigentes sindicais propuseram que seja firmado um acordo aditivo, já em análise pela direção do banco, que inclui uma cláusula de proteção ao emprego.

No dia 30, bancários reuniram-se com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para obter detalhes sobre o processo de venda do banco. No dia 1º de julho, o encontro foi com a direção do Banco Central; já no dia 3, será realizada audiência pública em Curitiba-PR.

Fonte: Seeb Catanduva
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =