Conferência aprova proposta de reajuste de 10% de aumento real mais a inflação

Após amplos debates, os delegados e delegadas da 17ª Conferência Estadual definiram a pauta de reivindicações dos bancários gaúchos, a ser encaminhada à etapa nacional do evento. O principal tema em discussão foi o índice de reivindicação que foi definido em 10% de aumento real, mais a inflação acumulada até a data base da categoria, em 1º de setembro. Além disso, os trabalhadores do setor financeiro no RS querem uma Participação nos Lucros composta por três salários, adicionados da verba fixa de R$ 7.184,35.

Outro ponto aprovado na Conferência foi a manutenção da estratégia de campanha já adotada nos últimos anos, com mesa única de negociação com a Fenaban e negociações específicas concomitantes com as direções dos bancos públicos. As propostas deliberadas no evento serão encaminhadas para o debate da 17ª Conferência Nacional, que ocorre nos dias 31 de julho, 1º e 02 de agosto, em São Paulo.

A Campanha Salarial deste ano irá se desenvolver em um momento de crise e ajuste econômico. No entanto, a lucratividade divulgada pelos bancos no primeiro trimestre do ano já anuncia novos recordes nas cifras obtidas pelas instituições em 2015. Isso coloca a Fenaban em plenas condições para negociar a pauta dos trabalhadores.

Números do evento

A Conferência Estadual deste ano contou com a participação de 466 trabalhadores do setor financeiro, lotados nas agências, postos de atendimento e departamentos de bancos no RS. Os homens constituíram a maioria das delegações, com um total de 312 credenciados. Já o público feminino foi de 154 delegadas, totalizando os percentuais de 77% e 33%, respectivamente.

Fonte: Comunicação/Fetrafi-RS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + dezessete =