Juiz indefere liminar e bancos abrirão mesmo sem segurança pública

O pedido de liminar feito pelas assessorias jurídicas da Fetrafi-RS e SindBancários para que os bancos não abrissem nesta terça-feira (1º/09) em locais sem policiamento ostensivo foi negado pela Justiça. A decisão, informada às entidades sindicais durante a noite desta segunda-feira, coloca em risco a segurança de bancários, clientes e usuários dos bancos. Federação e SindBancários ingressarão com um mandado de segurança para tentar reverter a decisão inicial da Justiça.

A solicitação das entidades sindicais ocorreu após novo anúncio de aquartelamento dos policiais militares, devido a mais um parcelamento dos salários dos servidores, confirmado pelo Governador José Ivo Sartori.

A Fetrafi-RS orienta a todos os sindicatos filiados, que verifiquem a existência de policiamento ostensivo nos municípios de suas bases e dialoguem com as administrações dos bancos, para que não abram as unidades sem condições de segurança pública.

Decisão favorável

A Justiça do Trabalho concedeu liminar no início de agosto, determinando que não fossem abertas as agências e postos de atendimento diante da inexistência de policiamento ostensivo, o que colocava em risco trabalhadores e cidadãos em geral.

A insegurança nos bancos em números

De acordo com levantamento feito pelo SindBancários, até 28 de agosto, última sexta-feira, foram registrados 33 ataques a bancos no Rio Grande do Sul, com destaque para explosões e arrombamentos de caixas eletrônicos. Estes são os piores números para o mês de agosto, desde 2007.

Fonte: Edição de texto e imagem: Marisane Pereira – Mtb/RS9519 – Comunicação/Fetrafi-RS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 20 =