Fenaban adia negociação, mais uma vez, para sexta-feira (23)

A Fenaban adiou, mais uma vez, e a rodada de negociação, que estava marcada para esta quinta-feira (22), ficou para sexta-feira (23), às 9h30, no hotel Makssoud Plaza, em São Paulo. O Comando Nacional dos Bancários orienta a continuação da greve.

17º dia de paralisação dos bancários

Mais um dia de negociação e a categoria não arreda o pé da greve. A proposta de 8,75% feita pela federação dos bancos (Fenaban) para reajustar salários, piso, PLR, vales e auxílios, e sem abono – índice que representa perda de 1,03% – foi recusada pelo Comando Nacional dos Bancários na mesa de negociação. Os representantes dos trabalhadores questionaram o valor que não repõe a inflação de 9,88% (INPC do período) e reiteraram: os bancários querem aumento real. O índice também foi reprovado imediatamente nas redes sociais na noite de quarta-feira (21).

A rodada

Depois de um longo debate na tarde da quarta-feira, a Fenaban destacou que as margens de negociação estão estreitas, mas que iria consultar os bancos para continuar a rodada nesta quinta, às 14h. Na terça-feira (20), a proposta apresentada foi de 7,5%, também rejeitada na mesa de negociação pelo Comando Nacional.

Públicos

Banco do Brasil e Caixa Federal mantêm a sinalização de retomar as negociações específicas tão logo encerrada a mesa com a Fenaban.

Fonte: Contraf-CUT

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 12 =