Contraf-CUT conclama os trabalhadores para tomar as ruas contra o golpismo nesta quarta-feira (16)

A Contraf-CUT e representantes de várias categorias e entidades como CUT, CTB, Intersindical, MST, UNE, CONEN e MTST, chamam os trabalhadores para tomarem as ruas do país, nesta quarta-feira (16) em defesa da democracia, pela retomada do desenvolvimento e contra a tentativa de golpe em curso no Brasil.

As bandeiras que unificam a luta dos movimentos sindicais, populares e sociais que se farão presentes na manifestação são: em defesa da democracia: não vai ter golpe, fora Cunha e por uma nova política econômica, contra o ajuste fiscal.
Para o presidente da Contraf-CUT, Roberto von der Osten, esta agenda golpista do Congresso já tomou muito tempo e não recolocou o Brasil nos trilhos. “Esta conjuntura propiciou que a oposição ousasse escrever pedidos de impeachment e que os protocolasse no Congresso Nacional. Um cenário espertamente construído para ser manejado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, aliado da oposição e atingido por denúncias de corrupção timidamente investigadas. Um pedido de impeachment finalmente é aceito, apesar de não fundamentado em crime de responsabilidade previsto na Constituição Brasileira. E o Congresso iniciou o rito de um golpe”, criticou.

A Contraf-CUT vem participando de frentes e movimentos que defendem o lado dos trabalhadores. “Estamos articulando todos os Sindicatos e Federações para somar à frente que pretende manter o projeto dos trabalhadores no poder. A nossa agenda é em defesa da democracia e da retomada do desenvolvimento inclusivo e soberano. Por isso, estaremos todos nas ruas para dizer: Não vai ter golpe!”, ressaltou Roberto.

A nação não pode ficar refém dessas manobras. A CUT, junto com os movimentos populares e sociais e setores democráticos da sociedade, intensificará a luta contra o golpe e por mudanças na política econômica. Conclama suas bases para engrossarem as manifestações programadas para o mês de dezembro e a se manterem em estado de alerta para o que acontece no país, particularmente em Brasília.

Confira os atos da CUT pelos estados no dia 16/12:

São Paulo
A concentração será às 17h no Vão Livre do Masp. A caminhada vai até a praça da República, onde fica o prédio da secretaria de Educação do governo estadual.

Brasília
Concentração às 16h no Estacionamento do Estádio Mané Garrincha.

Amapá
Ato na Praça das Bandeiras, às 17h.

Bahia
Concentração a partir das 14h, na Praça do Campo Grande, e saída às 15h.

Santa Catarina
O Ato será fortalecido em Florianópolis, às 16h, em frente a ALESC. Reunião da Frente, nesta segunda-feira (14), à tarde para organizar e mobilizar.

Rio Grande Sul
A CUT no Estado, com a Frente Brasil Popular, realizará um grande ato às 17h na Esquina Democrática.
Em Caxias do Sul o ato será na Praça Dante Alighieri, a partir das 17h.

Paraná
O ato será em Curitiba e a concentração começa às 17h, na Praça Santos Andrade.

Fonte: Contraf-CUT
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 18 =