Bancários de todo o País participam de mobilização contra o PLS 555

Os bancários de todo o país vão a Brasília, nesta terça-feira (1), para reforçar a mobilização contra a votação, na terça-feira (1º), do PLS 555, que possibilita a privatização das companhias públicas.

Logo pela manhã, o primeiro encontro acontece no Senado, no auditório Petrônio Portela, a partir das 10h. Senadores e deputados federais foram convidados a participar do debate. Depois do ato, o processo de conversa com os parlamentares terá continuidade para esclarecer sobre os riscos do projeto privatista e pedir apoio contra sua aprovação. O PLS 555 deverá ser o primeiro item da pauta em votação, mas ela pode se estender também para o dia seguinte, assim é importante estar preparado para a mobilização nos dois dias em Brasília.

“Esperamos a presença de muitos bancários para reforçar o movimento e ampliar a pressão para conquistar a adesão de mais parlamentares”, convocou Roberto von der Osten, presidente da Contraf-CUT.

Segundo Maria Rita Serrano, coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, o PLS 555 trata-se de um projeto abrangente e bastante complexo, que engloba todas as empresas públicas do país, sejam elas de caráter federal, estadual ou municipal e deve ser debatido com diversos atores sociais e toda a sociedade. “Um projeto deste tamanho precisa ser melhor discutido com a sociedade. Independente do substitutivo, não é possível discutir um projeto com estas características, que vai formatar um outro modelo de empresa pública, sem que a sociedade, os trabalhadores e a própria direção destas empresas, e sem que o próprio governo discuta tudo isso de forma mais clara. Nós queremos mais espaços para este debate. Não é possível que o Senado venha decidir esta questão a ‘toque de caixa’, ferindo o direito dos trabalhadores”, ressaltou Serrano.

Fonte: Contraf-CUT
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =