Dia Nacional de Luta por contratações na Caixa

Os empregados da Caixa realizam nesta quarta-feira (2) o Dia Nacional de Luta por melhores condições de trabalho nas agências e departamentos. A mobilização irá marcar a insatisfação com a direção do banco público.

Sérgio Hiroshi Takemoto, secretário de Finanças da Contraf-CUT, chama os sindicatos de todo o país para promover atividades. “As mobilizações são fundamentais para pressionar a Caixa. Pois a falta de diálogo e as medidas unilaterais da direção do banco tornam o ambiente de trabalho insustentável”, afirmou.

O diretor executivo do Sindicato dos Bancários de São Paulo e integrante da Comissão Executiva dos Empregados (CEE), Dionísio Reis lembrou que a adesão ao novo PAA (Plano de Apoio a Aposentadoria) termina em 31 de março. “Cerca de 11 mil bancários reúnem condições de sair do banco. Mesmo assim, nas negociações, os representantes da Caixa dizem que não devem contratar mais pessoas”, destacou o dirigente sindical. “Tremendo desrespeito aos trabalhadores e política que prejudica, inclusive, o papel do banco público no que se refere a aplicação dos programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida. Além disso, a Caixa também não cumpriu o acordo de 2014 que determina a contratação de mais 2 mil bancários até o final de 2015.”

Outra questão que afeta o dia a dia dos bancários são os sucessivos boatos de reestruturação, entre eles o da Giret (Gerência de Retaguarda). “Está tudo nebuloso e para pressionar o banco a negociar com seriedade é necessário que os empregados fortaleçam a luta.”

Fonte: Contraf-CUT
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 13 =