Escolha do representante dos empregados do CA da Caixa será de 16 a 20 de janeiro

Atenção, empregados da Caixa ativos, em férias ou em licença médica! O segundo turno da eleição para representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa será realizado de 16 a 20 de janeiro. Concorrem ao pleito a Chapa 1 e a Chapa 25.  No primeiro turno, 27.947 trabalhadores escolheram candidatos entre as mais de 40 chapas concorrentes.

“Entendemos que a Chapa 1 tem o melhor perfil para continuar a luta em defesa da Caixa 100% pública. Rita Serrano e Orency Francisco há muito fazem frente à defesa dos direitos da categoria. Nesse momento em que temos tantas ameaças aos empregados, isso torna-se ainda mais importante”, afirma o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira.

A Diretoria Executiva da Fenae e a maioria do Conselho Deliberativo Nacional, formado pelos presidentes das 27 Apcefs, estão apoiando a Chapa 1. A decisão foi tomada em reunião realizada no dia 1º de dezembro. O Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região também está apoando a Chapa 1, assim como a maioria dos sindicatos e outras entidades representativas também estão com Rita e Orency.

Para o coordenador da secretaria de Organização e Política Sindical do sindicato caxiense, Nelso Bebber, é preciso que os empregados exerçam o direito e votem nesse segundo turno. ”, alerta o Bancários de Caxias do sul e Região, Nelso Bebber.. No primeiro, a participação foi muito baixa”, acrescenta Jair. “Em breve a Caixa deve anunciar seu plano de “reestruturação”, assim como fez o Banco do Brasil. Um esboço da ideia já foi apresentado e prevê o descarte de pelo menos dez mil funcionários, o que certamente irá provocar prejuízos não somente aos trabalhadores que permanecerão na ativa, que se verão sobrecarregados, mas também e especialmente aos usuários da Caixa”, afirma Bebber.

A candidata da Chapa 1, Rita Serrano frisa que é preciso manter a mobilização em defesa da Caixa e dos empregados. “A receptividade tem sido muito boa em todas as unidades por que passamos em campanha, e vamos intensificar esses encontros”, garante. Em recente posicionamento sobre possíveis planos de demissão e aposentadoria na Caixa ela acrescenta que a medida representa “menos empregados, piores condições de trabalho e aumento da pressão sobre todos, principalmente os gestores”.

O representante eleito para o Conselho de Administração, entre outras funções, tem o papel de aprovar a gestão e o plano estratégico da Caixa e de fiscalizar a execução da política geral dos negócios e serviços. A eleição é garantida na Lei 12.353, sancionada pelo presidente Lula em dezembro de 2010. Essa é a segunda vez que o processo ocorre na Caixa.

Chapa 1: Rita e Orency 

Maria Rita Serrano é atual suplente de representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da Caixa e coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas. Empregada da Caixa desde 1989, tendo ocupado cargos de gestão. Foi presidente do Sindicato dos Bancários do ABC. É mestra em Administração e graduada em História, e concluinte da especialização em Governança.

Orency Francisco está na Caixa há 32 anos, ocupando cargos em gerências. Foi diretor do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso, presidente da Federação dos Bancários do Centro-Norte e da CUT-MT. É formado em Direito, pós-graduado em Gestão de Pessoas e tem especialização em Direito da Medicina.

 

Fonte : Fenae, com edição Comunicação Bancax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =