Congresso Extraordinário da Contraf-CUT inicia nesta quinta-feira

Bancários e bancárias se preparam para o Congresso Extraordinário da Contraf-CUT em São Paulo. Na quarta-feira, dia 08 de março, haverá um coquetel de boas-vindas aos delegados (as) e convidados (as),na sede da entidade, no centro da capital paulista, a partir das 19h. O evento segue nos dias 09 e 10 de março, na quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo, também na região central. São esperados 344 delegados e delegadas de entidades sindicais de todo o Brasil, os quais definirão e votarão o Plano de Lutas para o próximo período e a Reforma Estatutária da entidade. Bancários de Caxias do Sul e região estarão representados através do coordenador da secretaria de Organização e Política Sindical, Nelso Bebber.

"Vamos realizar este Congresso Extraordinário num momento extremamente importante para organizar a luta dos trabalhadores. Estamos sob ataque das elites empresariais do Brasil que, articulados com a mídia acumularam um alto poder legislativo para alterar e retirar direitos trabalhistas. Vamos debater a conjuntura e organizar um plano de lutas para defender empregos e direitos no próximo período”, explica o presidente da Contraf-CUT, Roberto von der Osten.

Reformas da Previdência Social e Trabalhista

Na quinta-feira, dia 09, bancários e bancárias discutem as ameaças aos direitos dos trabalhadores, na conjuntura atual, dentro do Painel Reformas da Previdência Social e Trabalhista, que contará com a participação do o ex-deputado federal Claudio Puty, professor da Universidade Federal do Pará ( UFPA), Carlindo Paulo Rodrigues de Oliveira, professor pela Escola Dieese de Ciências do Trabalho e o presidente da CUT, Vagner Freitas.

Futuro do Emprego

O encontro segue com o Painel Futuro do Emprego, com a presença do professor Moises Marques, da Associação 28 de Agosto, da economista do Dieese, Vivian Machado, e com a participação da professora de Ciências Sociais Unicamp, Carla Regina Mota Alonso Dieguez.

Defesa dos Bancos Públicos

O Congresso Extraordinário da Contraf-CUT também debate outro assunto preocupante para a categoria, o desmonte dos bancos públicos. O Painel Defesa dos Bancos Públicos contará com a participação de Guilherme Boulos, coordenador do MTST, Ricardo Berzoini, ex-ministro da Previdência e do Trabalho e das Comunicações. A mesa também será composta pelo diretor de Seguridade da PREVI, Marcel Barros e pelo professor do Instituto de Economia da UFRJ, João Sicsu.

Na sexta-feira, 10 de março, a partir das 9h, delegados e delegadas votam o Plano de Lutas e a Reforma Estatutária da Contraf-CUT.

Credenciamento – A Contraf-CUT reforça que o credenciamento dos delegados e delegadas, ocorrerá das 16h às 20h, na quinta-feira, dia 08 de março.

Hotéis – check-in às 14h do dia 08 de março e check-out no dia 10 de março até às 12h. A organização do Congresso Extraordinário da Contraf-CUT disponibilizará serviço de maleiro das 09h às 15h do dia 10 de março para os delegados e delegadas no local do Congresso.

Veja a delegação gaúcha ao evento:

1. Carlos Augusto Oliveira Rocha – Alegrete
2. Luis Cleber Ferreira Guedes – Bagé
3. Sandro Gilberto Moreira Cheiran – Camaquã
4. Luciane Lodi – Caxias do Sul
5. Nelso Antonio Bebber – Caxias do Sul
6. Selvino Welter – Horizontina
7. Armindo Eduardo Köhler – Litoral Norte
8. Marcos Dirceu Bugs – Novo Hamburgo
9. Dario Sidnei Delavy – Passo Fundo
10. Raquel Gil de Oliveira – Pelotas
11. Fabio Soares Alves – Porto Alegre
12. Guaracy Padilla Gonçalves – Porto Alegre
13. Geovana Freitas – Porto Alegre
14.Natalina Rosane Gué – Porto Alegre
15. Maristela Rocha – Porto Alegre
16. Paulo Roberto Stekel – Porto Alegre
17. Ademir José Wiederkehr – Porto Alegre
18. Everton Gimenis – Porto Alegre
19. Virgínia de Faria – Porto Alegre
20. Daniel José Mendes – Porto Alegre
21. Eroni Ribeiro – Porto Alegre
22. Jamile Chamun – Porto Alegre
23. Luciano Fetzner Barcellos – Porto Alegre
24. Pedro Luiz Rodrigues Pires – Rio Grande
25. Mauro José Mânica – Santo Ângelo
26. Francisco Carlos Dutzig – Vale do Paranhana
27. Juberlei Baes Bacelo – Fetrafi-RS

Fonte: Contraf/CUT com edição da Fetrafi-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 10 =