Conheça 4 (e mais) motivos para defender o Banrisul

O banco é patrimônio dos gaúchos e das gaúchas e contribui para o desenvolvimento do estado

A privatização do Banrisul é uma ameaça que paira no ar desde o governo Sartori, mas vem ganhando corpo no governo Eduardo Leite, mesmo que esse tenha prometido em campanha que não venderia o banco. Recentemente, o governador conseguiu aprovar a venda da CEEE, CRM e Sulgás e deputados da base aliada mencionaram na tribuna da Assembleia Legislativa que estão aguardando o projeto de privatização do Banrisul chegar para acabar de vez com o patrimônio do estado.

Banrisulenses se mobilizam para defender o banco público, pois o governo já vem negociando ações do Banrisul no mercado financeiro e novo presidente Claudio Coutinho, importado do Rio de Janeiro, tem perfil privatista.

Com tantas pistas de que a intenção é, sim, vender o patrimônio dos gaúchos e das gaúchas, a Fetrafi-RS e os sindicatos dos trabalhadores em instituições financeiras de todo o estado vêem a necessidade de esclarecer a população e os funcionários do banco sobre os riscos da privatização: agências poderão ser fechadas, inclusive, as das menores cidades do estado, onde o Banrisul é a única opção.

Os motivos para defender que o banco permaneça público não são poucos. Abaixo, citamos alguns deles, elencados pela diretora de política sindical da Fetrafi-RS e funcionária do Banrisul, Denise Falkenberg Corrêa.

1. O Banrisul é rentável
Em 2018, o Banrisul registrou um lucro de R$ 1,09 bilhão. Parte desse lucro vai para o tesouro do estado e pode ser revertido em programas sociais.

2. O Banrisul está em todo o estado
Existem agências do Banrisul em mais de 360 cidades do estado. Em muitas localidades, é o único banco disponível, onde os moradores fazem pagamentos, recebem salários e investem seu dinheiro.

3. O Banrisul tem taxas baratas
A maioria dos correntistas do Banrisul recebe até 3 salários mínimos. Isso se deve, em parte, às menores taxas do mercado, praticadas pelo banco.

4. O Banrisul desenvolve o estado
O banco tem linhas de crédito que colaboram para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas e mais de 90% do PIB do estado passa pelo banco público.
Essas são algumas das razões pelas quais todos e todas devem lutar para manter esse patrimônio dos gaúchos e das gaúchas. Assista ao vídeo e entre conosco nesta luta.

Fonte: Fetrafi-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − dez =