Banrisul lucra R$ 947,3 milhões nos nove primeiros meses de 2019

Em contrapartida, o banco reduziu 419 postos de trabalho em um ano

O Banrisul lucrou R$ 947,3 milhões nos nove primeiros meses de 2019, alta de 19% em relação ao mesmo período de 2018. O retorno sobre o Patrimônio Líquido do banco (ROE) foi de 16,6%, com aumento de 1,5 p.p. em doze meses. De acordo com o relatório do banco, o resultado foi “impactado pela reestruturação dos planos de benefício pós-emprego da Fundação Banrisul de Seguridade Social – FBSS, em R$ 49,5 milhões, e pelos efeitos fiscais da reestruturação em R$ 19,8 milhões; o efeito líquido no lucro é de R$ 29,7 milhões”. Já o lucro líquido recorrente, ajustado pelos efeitos extraordinários, somou no semestre R$ 917,5 milhões, variação de 15,2% em relação ao mesmo período de 2018.

Ao final do 3º trimestre de 2019, segundo o relatório do Dieese, a instituição contava com um quadro de 10.313 empregados, com redução de 419 postos de trabalho em um ano. Porém, com saldo de 37 postos abertos no trimestre. A rede de agências do banco permaneceu estável, enquanto foram fechados 9 postos de atendimento.

As despesas com pessoal, acrescidas da PLR cresceram 1,1% em doze meses, atingindo R$ 1,6 bilhão, enquanto as receitas de prestação de serviços e de tarifas bancárias cresceram 3,7%, totalizando R$ 1,574 bilhão. Assim, a cobertura das despesas de pessoal pelas receitas de prestação de serviços e tarifas (receitas secundárias do banco) foi de 96,1%, no período.

 

Fonte: Contraf0-CUT

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + um =