Fetrafi-RS ganha liminar na Justiça para impedir transferências de funcionários do BB

Caixas e escriturários não mudarão de cidade e demais funções não poderão ser transferidos para distâncias superiores a 50KMA

Fetrafi-RS conseguiu uma liminar da Justiça do Trabalho que impede a transferência de caixas e escriturários do Banco do Brasil para municípios diversos de suas lotações. Isso vale para os empregados que mantinham contrato de trabalho em 30 de outubro. No caso dos funcionários com função gratificada a distância de transferência não pode ser superior a 50 quilômetros da sua origem.
“Alguns funcionários já teriam que se apresentar em novas agências no próximo dia 16. Esses poderão ficar tranquilos, pois permanecerão onde estão ou serão designados para outro local de acordo com os termos estabelecidos pela liminar”, afirma o assessor jurídico da Fetrafi-RS, Milton Fagundes. Entretanto, esclarece Milton, trata-se de uma liminar, portanto a batalha para garantir os direitos dos trabalhadores do BB continua.

As transferências tinham sido justificadas pelo Banco dentro do Plano de Adequação de Quadros – PAQ, editado em 2018 e reeditado este ano. Veja a íntegra da decisão do juiz Atila Roesler, da 28ª Vara do Trabalho do TRT 4ª região.

Fonte: Fetrafi-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 20 =