COE Santander se reúne com o banco nesta quarta (27)

Banco de horas, retorno do home office, cobrança de metas, o não pagamento da remuneração variável e mudanças nos procedimentos em casos suspeitos e confirmados de Covid-19 estarão em pauta

 

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do banco Santander se reúne por videoconferência com o banco nesta quarta-feira (27), a partir das 10h, para tratar sobre o banco de horas negativo que foi implementado pelo banco, a pretensão do banco de promover o retorno do home office com rodízio de trabalhadores, a cobrança de metas mesmo em período de pandemia, o não pagamento da remuneração variável e a mudança nos procedimentos em casos de suspeita de contaminação por Covid-19.

“O banco tem tomado algumas medidas sem que haja negociação e nem ao menos comunicado prévio com a representação dos trabalhadores, que ficam sabendo dessas ações pela imprensa, ou somente depois que as mesmas são implementadas. Nosso Acordo Coletivo de Trabalho prevê que haja, pelo menos, comunicação prévia à representação dos trabalhadores”, explicou o secretário de Assuntos Socioeconômicos e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) nas negociações com o banco, Mario Raia. “Vamos tratar destes temas e reforçar a necessidade da manutenção das relações entre o banco e as entidades sindicais”, concluiu.

 

Fonte: Contraf-CUT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − um =