Contraf-CUT é contra implementação da MP 936 sem negociação com os sindicatos

Contraf-CUT é contra implementação da MP 936 sem negociação com os sindicatos

Medida foi tomada pelo Banco Alfa e comunicada aos sindicatos no fim da tarde de sexta-feira

 

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) é veemente contra a postura do banco Alfa de aplicar a suspensão temporária de contratos e a redução proporcional de jornada e salários, com a suplementação parcial da renda perdida pelo trabalhador através de um benefício emergencial pago pela União, previstos na Medida Provisória 936, sem negociação prévia com os sindicatos.

A empresa apenas comunicou as entidades representativas dos trabalhadores por ofício, no final da tarde da última sexta-feira (5). “É uma postura de total desrespeito com os trabalhadores e com o movimento sindical. Nós queremos que a instituição volte para a mesa de negociação para discutir os critérios dos contratos”, afirmou Jair Alves, dirigente da Contraf-CUT responsável pelas as negociações com as financeiras.

 

Fonte: Contraf-CUT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =