Fetrafi-RS realiza live de balanço da campanha

Representantes dos bancários nas mesas com Fenaban, Caixa, BB e Banrisul falaram sobre andamento das negociações

As negociações da semana com a Fenaban e as mesas do Banco do Brasil, da Caixa e do Banrisul foram tema de live realizada pela Fetrafi-RS na sexta-feira, 21 de agosto. Participaram os diretores da Fetrafi-RS, Juberlei Bacelo (Santander) e Sérgio Hoff (Banrisul) e os representantes da Fetrafi-RS nas comissões de empregados do Banco do Brasil, Bianca Garbelini e da Caixa, Gilmar Aguirre, que acompanham as negociações.

Segundo Bacelo, que acompanhou as mesas da Fenaban, em todas elas, os bancos insistiram em “reduzir custos nas costas dos bancários” e “ironicamente” se compararam a outros setores econômicos, que estão com dificuldades durante a pandemia para justificar o reajuste zero para a categoria.

O diretor de Comunicação da Fetrafi-RS também destacou a importância da mobilização nas redes sociais durante a semana, que conseguiu colocar a hashtag #BancosExploram entre as mais populares do Twitter, e a organização de carreatas para protesto contra as propostas de retirada de direitos da categoria.

Banco do Brasil
Bianca Garbelini relatou que a mesa da semana do Banco do Brasil, sobre cláusulas sociais, apresentou propostas de redução de direitos, acompanhando a Fenaban. Além de também querer diminuir a PLR, o BB quer impedir a acumulação de abonos e sua conversão para o mês seguinte, entre outros ataques aos funcionários.

“Essa acumulação não acontece porque o bancário quer, mas pela sobrecarga de trabalho, ausência de concursos e quantidade ínfima de funcionários atendendo um grande contingente da população. Os colegas não conseguem negociar para tirar folgas. Então, o que o Banco deve fazer é dar condições de que os funcionários possam ter esse direito”, explicou.

Caixa Econômica Federal
Gilmar Aguirre participou da live rapidamente, pois a mesa de negociação da Caixa avançou até depois das 18 horas. O tema foi a continuidade de uma proposta possível para o Saúde Caixa. “Infelizmente, a Caixa está radicalizando nessa questão. Das propostas que o Banco apresentou, rejeitamos todas”, afirmou. “Não há condições de aceitar uma proposta da Caixa em que ela coloque grupos de aposentados e ativos uns contra os outros”, ressaltou.
Na última quarta-feira, 19, o banco havia apresentado seis propostas que alteram o atual modelo de custeio e afetam fortemente o pagamento do plano, onerando os trabalhadores. Propôs a individualização por faixa etária do plano de saúde, alegando a sustentabilidade do Saúde Caixa. Uma nova mesa está agendada para esta segunda-feira, 24, e as negociações sobre esse ponto devem continuar.

Banrisul
Na mesa do Banrisul, segundo Sérgio Hoff, as discussões da semana foram permeadas pelo tema do PDV, após o Banco ter divulgado Fato Relevante informando que abriria a possibilidade. “Mas temos uma campanha salarial rolando e é isso que queremos discutir neste momento, precisamos focar nossa atenção e nosso tempo para renovar o acordo coletivo de trabalho”, enfatizou.
Ele também convocou os banrisulenses a acompanhar as redes sociais, pois nesta segunda-feira, 24, haverá tuitaço e mobilização na internet para chamar a atenção dos colegas para a importância da campanha salarial. A mesa de negociação com o Banrisul tem início às 13h30 e o tuitaço começa às 12h30.

Assista a live completa no Canal da Fetrafi-RS no YouTube:

Fonte: Fetrafi-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + onze =