Financiários definem sobre renovação da CCT por dois anos

As assembleias virtuais entre às 15h desta quarta-feira (21) e às 18h de quinta-feira (22)

 

Sindicatos de todo o Brasil realizam assembleias virtuais entre às 15h desta quarta-feira (21) e às 18h de quinta-feira (22) para decidir sobre a proposta renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) por dois anos negociada entre a Comissão de Organização dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi).

A Comissão de Organização dos Financiários orienta pela aprovação dos termos que preveem, para 2020, 1,13% de reajuste nos salários e nos salários de ingresso (que corresponde a 55% do INPC do período), abono de R$ 1.000,00 e reajuste de todos os benefícios com o índice integral do INPC, isto é, correção de 2,05%. Já para 2021, reajuste nos salários, inclusive os de ingresso, pelo INPC integral do período, acumulado no período de 1º de junho de 2020 a 31 de maio de 2021.

Sobre a Participação dos Lucros e Resultados (PLR), a proposta para 2020 é de manutenção, na íntegra, das regras já estabelecidas na PLR-CCT vencida. Aplicando sobre os valores fixos e teto o valor integral do INPC para 2020. Para 2021, será criado um grupo de trabalho para discutir eventuais alterações no modelo atual de PLR.

“Esta proposta deve ser considerado uma vitória, pois conquistamos nosso objetivo de manter a Convenção Coletiva intacta, sem qualquer perda de direitos. Por isso, é fundamental a participação dos financeiros nas assembleias do seu sindicato”, afirmou Jair Alves, coordenador da Comissão de Organização dos Financiários.

 

Fonte: Contraf-CUT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 4 =