Trabalhadores da Caixa realizam mobilizações pelo país

Os trabalhadores da Caixa de todo o país realizaram manifestações e paralisações em protesto a uma série de ataques que vem acontecendo tanto à instituição financeira quanto aos direitos históricos  conquistados ao longo de décadas de lutas. Entre as motivações das mobilizações estão a abertura de capital de uma das operações mais rentáveis da Caixa, a Caixa Seguridade; a pressão do governo para a devolução, pela Caixa, dos Instrumentos Híbridos de Capital e Dívida (IHCDs); o pagamento, a menor, da PLR Social aos empregados; melhores condições de trabalho e de atendimento à população, por meio de mais contratações, proteção contra a Covid-19 e vacinação prioritária para os bancários.

Em Caxias do Sul, diretores do Sindicato dos Bancários realizaram manifestação em frente a várias agências da cidade, com objetivo de denunciar as ações que estão sendo colocadas em prática pelo governo Jair Bolsonaro. O diretor Márcio Colombo e também funcionário da Caixa justifica a ação: “Todos sabem que o momento que vivemos é novo e de extrema dificuldade, temos uma crise sanitária e um governo que faz uma gestão de entrega e leilão do patrimônio publico. Então, motivos para justificar a paralização temos de sobra, IPO Seguridade, inclusão dos Bancários no grupo prioritário de vacinação, correto pagamento da PLR Social e a manutenção da Caixa Publica entre outros tantos pontos.”

Para ele, é mais que necessário auqe os funcionários da Caixa tenham ciência das ações que estão em curso e alerta: “Precisamos sim tomar uma atitude e falo isso de forma geral do Técnico Bancário que entrou agora até o Gerente que está no comando de sua unidade, pois todos somos empregados, então sim defender a Caixa e uma missão de todos.”

A Caixa na pandemia de Covid-19

É importante enfatizar que em 2020 os empregados da Caixa atenderam mais da metade da população brasileira. Isso demonstra a importância da Caixa como banco público e primordial em sua ação social. No ano passado, mais de 120 milhões de brasileiros recorreram à Caixa – principal banco público do País – em busca do auxílio emergencial, seguro desemprego e para saques do FGTS. Defender a Caixa, como banco público, passa também pelo reconhecimento de seus empregados e pela defesa de melhores condições de trabalho para estes trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × cinco =