Funcionários do Banco do Brasil devem compensar parte das horas negativas até setembro

O prazo para compensação de parte das horas negativas dos funcionários do Banco do Brasil se encerra em setembro. O período abrange todas as horas extras acumuladas em março de 2020.

Quem faz o alerta é a diretora da Fetrafi-RS e funcionária do Banco do Brasil, Cristiana Garbinatto. “Caso não compensem o banco de horas ainda em setembro, os colegas terão desconto no pagamento de outubro”, destaca.

Segundo o Acordo Coletivo sobre Teletrabalho/Covid firmado entre a Contraf-CUT e o Banco do Brasil, os funcionários teriam 18 meses para a compensação a contar do mês de acúmulo das horas.

“O tempo está contando e muitos colegas ainda estão com horas negativas. No sistema do BB, eles podem ver se os dados estão corretos e entrar em contato com o seu sindicato de base ou diretamente com a Federação para tentarmos resolver as dificuldades ponto a ponto.”, concluiu Cristiana.

A diretora e representante da Fetrafi-RS na mesa de negociação com o BB, Priscila Aguirres, explica que é fundamental saber o número de pessoas com horas negativas para que a questão possa ser negociada diretamente com o Banco.

Fonte: Fetraf-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − treze =