Dilma nega recuo em plebiscito e reafirma que ouvirá propostas de reforma

O Blog do Planalto emitiu nota há pouco desmentindo notícias de que a presidenta Dilma Rousseff teria “recuado” da proposta de realização de um plebiscito. A ideia, apresentada ontem (24) por Dilma em reunião com governadores e prefeitos, prevê o debate com os poderes e com a sociedade sobre a convocação de uma Constituinte com objetivo de fazer uma reforma política.

A proposta de plebiscito foi rechaçada pelos principais partidos de oposição, PSDB, DEM e PPS. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que considera uma ideia de regime “autoritário”. Na nota, o Planalto reafirma que a presidenta "reiterou a relevância de uma ampla consulta popular" e que "continuará ouvindo outras propostas de reforma política que lhe forem apresentadas".

Leia a íntegra da nota:

Em relação às declarações de hoje do presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, a Presidência da República esclarece:

1. A presidenta Dilma Rousseff recebeu hoje o presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, e o diretor do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, Márlon Reis, que lhe apresentaram uma proposta de reforma política baseada em projeto de lei de iniciativa popular.

2. A presidenta da República reiterou a relevância de uma ampla consulta popular por meio de um plebiscito.

3. A presidenta ouviu a proposta da OAB, considerou-a uma importante contribuição, mas não houve qualquer decisão. O governo continuará ouvindo outras propostas de reforma política que lhe forem apresentadas.

 

fonte: Rede Brasil Atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =