Greve dos bancários inicia com força no estado



 

 

 

É grande a adesão dos bancários gaúchos no primeiro dia de greve nacional da categoria. As assembleias de organização, realizadas no fim da tarde de ontem, prepararam os trabalhadores para o movimento por tempo indeterminado. Ainda não há nova negociação agendada com a Fenaban. A Fetrafi-RS publicará o quadro da greve no Rio Grande do Sul no início da tarde desta quinta-feira.

Os bancários reivindicam reajuste de 11,93% (5% de aumento real além da inflação), Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais R$ 5.553,15 e piso salarial de R$ 2.860,21 (salário mínimo do Dieese), entre outras reivindicações. Os trabalhadores também querem o fim das demissões, da rotatividade e das terceirizações, e mais contratações para melhorar as condições de trabalho e o atendimento aos clientes, bem como o fim das metas abusivas, do assédio moral e do adoecimento, mais segurança e igualdade de oportunidades.



Imprensa/Fetrafi-RS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + treze =