UNI Sindicato Global destaca negociação para acordo global com Itaú

A terceira rodada de negociação entre a UNI Américas e o Itaú, ocorrida no dia 16 de dezembro, em São Paulo, visando à construção de um Acordo Marco Global, ganhou destaque internacional com a divulgação no site da UNI Sindicato Global.

O título da notícia em inglês é "UNI Americas moves forward in discussions with Itaú on the Global Framework Agreement".

Já a manchete da notícia em espanhol é "UNI Américas avanza en la discusión del Acuerdo Marco Global con el Itaú".

O objetivo do acordo é garantir aos bancários do banco brasileiro que trabalham em qualquer país das Américas os direitos fundamentais previstos nas declarações da Organização Internacional do Trabalho (OIT), entre eles o de sindicalização, o de livre organização sindical e o de negociação coletiva.

As duas matérias lembram que na reunião anterior, realizada dia 20 de junho, também em São Paulo, dirigentes sindicais da UNI, da Contraf-CUT e de representantes de bancários da Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai apresentaram à direção do Itaú uma proposta de texto do Acordo Marco.

Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e da UNI Américas Finanças, ressalta que essas reuniões são um espaço importante de diálogo do movimento sindical de todo o continente com o Itaú, que é hoje um banco que rompeu as fronteiras do Brasil e atua em vários países da América Latina.

"Por isso, é importante a assinatura do Acordo Marco Global, de forma a garantir aos bancários das nações vizinhas as práticas de relações sindicais construídas aqui no Brasil, o país-sede . Nessa reunião o banco acenou com grande possibilidade de assinar o acordo, que está em fase final de análise interna", conclui Cordeiro.

"Queremos que o próximo encontro seja também um seminário, no qual poderemos reunir os sindicatos de bancários e as diretorias de RH dos países onde o Itaú está presente. Ali o banco poderá expor sua política internacional e a UNI Américas fará uma apresentação institucional", explica André Luís Rodrigues, diretor regional da UNI Américas.

A UNI Sindicato Global, ao qual a Contraf-CUT é filiada, com sede em Nyon, na Suíça, representa mais de 20 de milhões de trabalhadores de 900 sindicatos dos setores de serviços em todo mundo.

Fonte: Contraf-CUT com UNI Sindicato Global 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × quatro =