Brasileiros estão entre os trabalhadores mais estressados do mundo

Longas jornadas de trabalho, pressão por resultados, falta de reconhecimento e incapacidade para equilibrar carreira e vida deram ao Brasil o primeiro lugar no ranking de países com os profissionais mais estressados do mundo. Entre 1.775 diretores de recursos humanos de 13 países consultados pela empresa de recrutamento Robert Half, 42% dos entrevistados brasileiros afirmaram que os funcionários enfrentam esgotamento e ansiedade. O resultado está muito acima da média mundial de 11%.

Quando questionados sobre os fatores que contribuem para gerar esse desconforto, 52% apontaram o excesso de carga de trabalho como a causa principal, seguido pela falta de reconhecimento (44%) e pressões econômicas (38%). Para André Caldeira, autor do livro Muito Trabalho, Pouco Stress, são geradores de tensão a velocidade dos avanços tecnológicos, as constantes mudanças de processos, a busca por reconhecimento e a necessidade de manter o padrão de vida.

Fonte: ZH com edição da Fetrafi-RS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 11 =