Desemprego fica em 5% e tem a menor taxa para março, aponta IBGE

A taxa de desemprego calculada pelo IBGE em seis regiões metropolitanas ficou estável de fevereiro para março, passando de 5,1% a 5%, no menor índice para o mês desde o início da série histórica, em 2003. O resultado foi divulgado na manhã de hoje (17) pelo IBGE. De janeiro a março, a taxa média foi de 5%, também a menor para o período.

Segundo o instituto, o número de desempregados foi estimado em 1,214 milhão, estável em relação a fevereiro e 11,6% a menos do que em março do ano passado – 159 mil a menos em 12 meses. Já o total de ocupados (22,924 milhões) ficou estável nas duas comparações. Os trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,7 milhões) aumentou 2% em relação a março de 2013.

O rendimento médio, estimado em R$ 2.026,60) não variou de forma significativa no mês, de acordo com o IBGE. Em relação a março do ano passado, cresceu 3%.

Fonte: Rede Brasil Atual (RBA) – Vitor Nuzzi
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =