Gerente é sequestrada e familiares viram reféns no interior de São Paulo

Uma quadrilha sequestrou a gerente de uma agência bancária de Salto (SP), seu marido e filhos, na manhã de sexta-feira (9), no bairro do Éden. Os bandidos queriam o dinheiro que estava no cofre da instituição. A gerente foi abordada, por volta das 6h30, no momento em que abria o portão de sua residência para seu pai sair com o carro.

A vítima foi levada para a cidade de Salto por dois dos criminosos, que exigiram que ela subtraísse dinheiro do cofre da agência bancária. Enquanto isso, seu marido e filhos eram mantidos reféns em uma propriedade rural, no município de Porto Feliz.

O tempo todo, os marginais ameaçaram matar os familiares da gerente caso ela não cumprisse a ordem de retirar o dinheiro do cofre.

Por volta das 11h45, quando a gerente tentou abrir o cofre, o alarme do banco disparou e a Polícia Militar foi alertada sobre a ação criminosa. Os bandidos perceberam que o plano havia sido frustrado e decidiram libertar o marido e os filhos da gerente do cativeiro, que não sofreram qualquer tipo de lesão corporal.

De acordo com as vítimas, o bando era composto por cinco elementos. Apenas um deles não usava capuz. O homem branco, usava aparelho nos dentes, boné, calça jeans e aparentava ter aproximadamente 35 anos.

Suspeito

No momento em que a PM chegou à agência bancária, no centro da cidade de Salto, uma pessoa que estava na frente da instituição dentro de um carro, foi abordada. A polícia realizou revista ao indivíduo e pesquisou seus documentos.

Foi constatado que o indivíduo não tinha nenhuma ligação com o crime. Ninguém foi preso. O nome do banco não foi divulgado.

Fonte: Jornal Cruzeiro
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − dez =