BB Seguridade tem lucro acima do esperado: 53,6%

A BB Seguridade, empresa do Banco do Brasil responsável por investimentos em seguros, divulgou nesta terça-feira alta de 53,6 por cento no lucro líquido do segundo trimestre, em um resultado acima do esperado pelo mercado.
A companhia teve lucro líquido de 845,5 milhões de reais entre abril e junho, ante expectativa média de analistas de resultado positivo de 726 milhões.

Junto com o resultado, o conselho de administração da companhia aprovou distribuição de 1,195 bilhão de reais em dividendos, a serem pagos ainda neste mês.

A empresa afirmou que apresentou receitas recordes em todos os segmentos de negócio no primeiro semestre, com destaque para as contribuições em planos de previdência privada e de seguros de vida, habitacional e rural.
A receita líquida do trimestre somou 1,156 bilhão de reais, alta de 46,2 por cento sobre o faturamento obtido um ano antes. Enquanto isso, as despesas subiram 9,5 por cento, a cerca de 130 milhões de reais.

Com isso, a rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio ajustado passou de 43,7 para 64,9 por cento no segundo trimestre. Na primeira metade do ano, o indicador ficou em 53,3 por cento, acima dos 38,1 por cento de um ano antes e maior que a projeção de 44 a 49 por cento previstos pela empresa para 2014.

A BB Seguridade informou queda no índice de sinistralidade na área de seguros de vida, habitacional e rural, de 37,1 para 31,5 por cento. Na área de patrimônio houve alta de 53,5 para 60 por cento.

A companhia afirmou que areceita de comissões subiu 36,5 por cento no segundo trimestre sobre um ano antes, para 609,85 milhões de reais.

Fonte: Portal 247 / Alberto Alerigi Jr.

Abaixo, texto do portal Infomoney sobre as ações da BB Seguridade na Bovespa:

BB Seguridade sobe após resultado e dividendos

BB Seguridade (BBSE3, R$ 33,42, +1,46%)

As ações do BB Seguridade reagem com leves ganhos a alta de 53,6% no lucro líquido do segundo trimestre, em um resultado acima do esperado pelo mercado, divulgado na última segunda-feira. A companhia teve lucro líquido de R$ 845,5 milhões entre abril e junho, ante expectativa média de analistas de resultado positivo de R$ 726 milhões.

Segundo a equipe de análise da XP Investimentos, o desempenho apresentado pode ser considerado positivo e relevante. "Vale ressaltar que o ritmo de crescimento do grupo não deve se manter neste patamar", ressaltou a corretora. Além disso, o conselho de administração da companhia aprovou ainda a distribuição de R$ 1,195 bilhão em dividendos, a serem pagos ainda neste mês.

A empresa afirmou que apresentou receitas recordes em todos os segmentos de negócio no primeiro semestre, com destaque para as contribuições em planos de previdência privada e de seguros de vida, habitacional e rural. A receita líquida do trimestre somou 1,156 bilhão de reais, alta de 46,2 por cento sobre o faturamento obtido um ano antes.

Enquanto isso, as despesas subiram 9,5 por cento, a cerca de 130 milhões de reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 8 =