Funcionários são feitos reféns em assalto à Sicredi em Erechim

Dois homens foram presos ao tentar assaltar uma agência da Sicredi em Erechim, no Alto Uruguai, na manhã desta sexta-feira. A dupla fez a gerente e mais três funcionários reféns por cerca de 40 minutos antes de se entregar. Esta foi a primeira vez que a cidade registrou uma ocorrência deste tipo.

Segundo a Brigada Militar (BM), tudo começou por volta das 8h15min quando a gerente chegava à agência na Avenida José Oscar Salazar, a principal do bairro Três Vendas, na saída de Erechim para Barão de Cotegipe. Ela foi surpreendida por dois homens e rendida.

Os criminosos entraram no prédio com a gerente e logo renderam o vigilante, dois funcionários e uma pessoa responsável pela limpeza do prédio. A BM não soube precisar quem avisou a polícia, mas forças policiais civis e militares foram acionados e cercaram o prédio.

A agência foi isolada e o cerco atraiu a atenção de centenas de pessoas, principalmente, pelo fato da existência de reféns. No decorrer das negociações, os assaltantes liberaram a gerente e a pessoa responsável pela limpeza da agência. Depois de cerca de 40 minutos, os dois homens decidiram se entregar.

Embora a unidade assaltada fique na base do Sindicato dos Bancários de Erechim, a entidade sindical que representa os trabalhadores da Sicredi é o SECOC/RS – Sindicato dos Empregados de Cooperativas de Crédito do Estado do RS.

Fonte: Correio do Povo com edição da Fetrafi-RS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 8 =