Sem transparência, Cabesp eleva plano família em 17,5% a partir de maio

A Cabesp divulgou no final da tarde desta quarta-feira (1º) o reajuste de 17,5% no plano família a partir de 1º de maio, sem maiores explicações sobre os motivos para outro aumento tão expressivo.

A diretoria da Cabesp se limitou a dizer que "conforme o previsto no Regimento do Plano Cabesp Família (Art. 35 para adesões até 31.12.03 e Art. 33 para adesões a partir de 01.01.04) e com base em estudos técnicos realizados, comunicamos o reajuste das mensalidades, a partir de 1º de maio de 2015, da seguinte forma: plano de assistência médica (acomodações em quarto individual e coletivo): 17,50%; e plano de assistência odontológica: sem reajuste".

Além disso, a Cabesp alegou que "essa correção atende aos critérios e regulamentos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar)".

"Trata-se de mais um baita reajuste, acima da inflação do período, sem nenhuma discussão com as entidades sindicais e representativas dos funcionários e aposentados do banco", critica o secretário de Imprensa da Contraf-CUT e diretor da Afubesp, Ademir Wiederkehr.

O assunto foi objeto de vários questionamentos de associados, durante a assembleia da Cabesp realizada no último sábado (28), em São Paulo. "No entanto, a diretoria da Cabesp agiu com a mesma falta de transparência de anos anteriores, quando deveria valorizar associados e beneficiários", ressalta o dirigente sindical.

Fonte: Contraf-CUT
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =