Direção do Banrisul se manifesta publicamente a favor do Golpe

O Banrisul se manifestou claramente a favor golpe contra o Governo Dilma através da edição 34, do Boletim Afinidade, divulgado pela instituição nesta quinta-feira (07). No informativo online o Banrisul explicita o apoio ao impeachment como desculpa para resolução da crise econômica.

 

"A cena política segue determinando o clima dos negócios. Desta vez, contudo, instalando um tom positivo frente ao avanço das investigações no âmbito da Operação Lava-Jato e ao aumento das chances de uma interrupção do mandato presidencial”.

Ou seja, o banco está usando seu boletim institucional para incidir sobre a opinião política dos clientes. "Esta não é uma postura admissível para uma instituição pública, que deveria priorizar a prestação de serviços de qualidade à população, sem discriminação ou qualquer tipo de coerção. Mais uma vez, o Banrisul deixa claro o distanciamento de suas funções de banco público, com foco apenas nos interesses de mercado e de partidos políticos”, argumentam os diretores da Fetrafi-RS, Denise Corrêa e Carlos Augusto Rocha.

De acordo com denúncias recebidas pela Fetrafi-RS, esta conduta do Banco tem sido recorrente. "O Banrisul não deveria entrar no hall das demais grandes empresas do País, que estão financiando a tentativa de golpe com interesses escusos. Enquanto entidade sindical, repudiamos a manifestação do Banco através do Informativo e reiteramos a defesa dos interesses da classe trabalhadora e do governo democrático, eleito por 54 milhões de brasileiros e brasileiras”, salientam os diretores.

Para os dirigentes sindicais, a diretoria do Banrisul tem o deve respeitar o posicionamento partidário e político de todos os seus clientes, pois uma grande parcela destes são contrários à tentativa de golpe em vigor no País.

Fonte: Comunicação/Fetrafi-RS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − nove =