Temer suspende vagas do Pronatec e do Fies

Presidente interino Michel Temer (PMDB) manda suspender outras iniciativas sociais das gestões petistas, os programas de incentivo à educação e à profissionalização, como Pronatec e Fies, que não devem abrir novas vagas este ano; interlocutores do novo ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), disseram que a pasta quer unificar critérios de seleção para as bolsas e aplicar a premissa de meritocracia; o benefício seria mantido para quem apresentar resultados; na área da Saúde, outra mudança de Temer prevê reduzir cada vez mais o número de estrangeiros no Mais Médicos

Após anunciar cortes no Bolsa Família e no Minha Casa, Minha Vida, o governo interino de Michel Temer (PMDB) mandou suspender outras iniciativas sociais das gestões petistas: os programas de incentivo à educação e à profissionalização, como Pronatec e Fies, que não devem abrir novas vagas este ano.

O orçamento dos programas estaria com os cofres vazios para este ano, a mais de sete meses do fim, segundo levantamento do ‘Estado de S. Paulo’. Em 2015, 2 milhões de estudantes estavam matriculados em instituições privadas graças ao Fies, no qual foram investidos R$ 17,8 bilhões.

Interlocutores do novo ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), disseram que a pasta quer unificar critérios de seleção para as bolsas e aplicar a premissa de meritocracia. O benefício seria mantido para quem apresentar resultados.

Na área da Saúde, outra mudança de Temer prevê reduzir cada vez mais o número de estrangeiros no Mais Médicos.

Fonte: 247

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + seis =