Por falta de segurança, juiz determina fechamento de agências bancárias nesta quinta-feira no Rio Grande do Sul

O juiz do Trabalho Jorge Alberto Araújo, titular da 5ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, determinou o fechamento das agências de sete instituições bancárias no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (4/8), das 6h às 21h. A medida tem o objetivo de preservar a segurança dos bancários em razão da paralisação das forças de segurança pública do Estado anunciada para a data. Em caso de descumprimento, foi fixada multa de R$ 1 milhão por estabelecimento.

A decisão liminar foi publicada na tarde desta quarta-feira e atende ao pedido do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) e da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadores em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul (Fetrafi-RS).

A medida atinge as agências das seguintes instituições: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banrisul, Banco Safra, Banco HSBC, Itaú Unibanco e Banco Bradesco, em todo o território do Rio Grande do Sul.

Na decisão, o magistrado considera incalculável o dano "que pode decorrer de eventual morte ou mesmo submissão a situação de violência que os empregados dos réus podem sofrer em caso de funcionamento das agências nesta quinta-feira".

A decisão foi publicada após a realização de uma audiência com representantes do SindBancários, da Fetrafi-RS e das sete instituições bancárias na 5ª Vara do Trabalho de Porto Alegre (foto).

Clique aqui para ler a íntegra da decisão.

Fonte: Guilherme Villa Verde (Secom/TRT4)
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 − dois =