Operação policial prende integrantes de quadrilhas que roubam bancos em Porto Alegre

A Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) deflagrou, na manhã desta quarta-feira, uma operação para prender integrantes de duas quadrilhas que roubam bancos em Porto Alegre. As informações são da Rádio Gaúcha. 

Cerca de 50 policiais cumpriram cinco mandados de prisão e nove de busca na Capital, em Alvorada, Viamão e Balneário Pinhal. 

A chamada "Operação Subterfúgio" investigou dois grupos que tinham a mesma forma de agir: os primeiros ladrões que entravam nas agências sempre vestiam as roupas que usavam no trabalho, como uniformes de garis, motoboys e frentistas, além de uniformes da polícia ou ternos para se passarem por executivos. Tudo isso para tentar despistar, inicialmente, os vigilantes das agências. 

Roubos a bancos

São vários roubos apurados. Os dois recentes ocorreram neste ano. Um foi na zona sul de Porto Alegre, dia 3 de janeiro, na avenida Wenceslau Escobar, quando oito homens armados renderam vigilantes, clientes e funcionários para realizar o assalto. 

O outro foi no bairro Bom Jesus, zona leste da cidade, quando quatro criminosos de outra quadrilha agiram da mesma forma no roubo.

Segundo os delegados Joel Henrique Wagner e João Paulo de Abreu, responsáveis pela investigação, durante a execução dos delitos, outros integrantes das quadrilhas dão suporte do lado de fora dos bancos. 

Fonte: ZH

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis + 5 =