Bancários e trabalhadores caxienses protestam contra a reforma da previdência e venda das ações do Banrisul

Nesta terça-feira, 5, trabalhadores e ativistas de movimentos sociais de Caxias do Sul realizaram manifestações pela cidade para protestar contra a reforma da Previdência. O Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região participou das atividades e liderou  os participantes a darem um abraço simbólico na agência central do Banrisul, em Caxias do Sul.

O dia de protesto contra a reforma da previdência foi dividido em duas etapas. Pela manhã, sindicatos de trabalhadores e movimentos sociais da cidade, promoveram um protesto em frente à sede do INSS em Caxias do Sul. Após, os manifestantes seguram em caminhada até o Postão 24 horas, onde protestaram contra a terceirização dos serviços de saúde pela prefeitura.

No final da tarde os trabalhadores se reuniram na Praça Dante Alighieri e seguiram em passeata até a agência central do Banrisul. Nelso Bebber, coordenador da secretaria de Organização e Política Sindical do Sindicato dos Bancários destacou a importância do banco para a economia do estado, lembrado que ele está presente em quase 100% dos municípios gaúchos. “Em 87 cidades, o Banrisul é o único banco disponível para a população. Além disso, o banco ajuda a movimentar a economia e a produção em todo o território do Rio Grande do Sul”, destacou o sindicalista. “O Banrisul foi construído pelos gaúchos e não pode ser vendido para pagar salários. Ao longo de sua história, muitos governadores tentaram se desfazer do banco, mas os gaúchos mostraram que não estão dispostos a se desfazer de mais este patrimônio do estado”, salientou Bebber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × cinco =