Avanço em número de mortes por Covid-19 no Brasil supera EUA e Europa

No Brasil, mortes dobram a cada cinco dias. Espaço de tempo é maior em outros países

 

A última nota técnica do MonitoraCovid-19, sistema da Fiocruz que agrupa dados sobre a pandemia do coronavírus, revelou que o avanço no número de mortes pela doença no Brasil possui um ritmo que supera Estados Unidos e Europa. Aqui, os óbitos dobram a cada cinco dias, um espaço de tempo pequeno em comparação com outros países.

Nos Estados Unidos, essa duplicação ocorre a cada seis dias, e na Itália e na Espanha, a cada oito. Uma dos fatores que leva a essa estatística é a interiorização da epidemia, que tem atingido de forma acelerada os municípios pequenos do país. Dentre os municípios com mais de 500 mil habitantes, todos já apresentam casos da doença.

O epidemiologista Diego Xavier, pesquisador do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict) da Fiocruz, confirma que a situação brasileira é grave.

“A nossa situação hoje é pior do que a de Itália, Espanha e Estados Unidos. Por isso, o número de mortes está dobrando em um espaço de tempo menor”, afirmou, em entrevista ao jornal Estado de S.Paulo.

“Os dados de óbitos são mais confiáveis do que os dados de casos para medir o avanço da epidemia”, justificou Xavier. “Isso porque, no caso do óbito, mesmo o diagnóstico que não foi feito durante a evolução clínica do paciente pode ser investigado. Além disso, a situação clínica do paciente que vem a óbito é mais evidente, quando comparada aos casos que podem ser assintomáticos e leves”, continuou.

 

Fonte: Revista Forum

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + sete =