Nota do Comando Nacional dos Banrisulenses contra a venda da Corsan

O Comando Nacional dos Banrisulenses vem a público para manifestar a sua contrariedade à privatização da Corsan, anunciada nesta quinta-feira, 18 de março, pelo governador Eduardo Leite. Somos contra a privatização das empresas públicas, pois o serviço prestado à população, em especial pela Corsan, é imensurável. Sem água e saneamento não há vida.

Cabe uma explicação: antes de querer vender Corsan, Banrisul e Procergs, o governador precisa submeter essa transação a plebiscito, conforme o artigo 22 da Constituição Estadual. Entretanto, a base do governo na Assembleia Legislativa já providencia a retirada deste impedimento com a Proposta de Emenda Complementar 280/2019, apresentada pelo deputado Sérgio Turra (Progressistas).

Por isso, nos colocamos contra a PEC 280/2019 e a retirada deste importante instrumento de democracia – o plebiscito  – da Constituição Estadual. Trata-se de um retrocesso, um atentado contra a democracia.

Isso ocorre justamente em um momento em que a democracia brasileira sofre todo tipo de ataque, ameaçando nossas instituições públicas, reduzindo o Estado brasileiro e tirando o poder do povo sobre as decisões que mais impactam a vida de todos e todas.

E no momento, também, que o governador deveria pensar em fortalecer as empresas públicas para prestar um serviço de qualidade aos gaúchos e gaúchas, que tanto sofrem com a pandemia, ele aproveita para passar despercebido o seu projeto privatista, de encolhimento do Estado, como já fizeram Antônio Britto e José Ivo Sartori.

Não esquecemos, contudo, que durante a campanha eleitoral de 2018, o próprio Eduardo Leite prometeu que não privatizaria a Corsan e nem o Banrisul. Ou seja, mentiu e mente para o povo gaúcho, que o elegeu com esse discurso. Isso não podemos aceitar.

Nossa solidariedade com os funcionários e as funcionárias da Corsan, trabalhadores e trabalhadoras como nós, que querem o melhor para o seu estado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 3 =