Sindicato vai à justiça pelo cumprimento de ACT pela Caixa

O Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região entou (através da Fetrafi-RS)  com duas ações contra a Caixa Econômica Federal, com o objetivo de proteger os direitos de seus associados.

A primeira ação movida através do Processo nº 0020570-76.2021.5.4.0020, diz respeito à greve nacional da Caixa, realizada no dia 27 de abril, quando o banco anotou “falta injustificada” nos registros contratuais dos grevistas. Esta atitude contraria o Acordo Coletivo de Trabalho da categoria bancária, além de acarretar consequências negativas aos empregados. O processo pede que a ré (Caixa) retifique as anotações funcionais substituindo por “ausência justificada”, seja feito o reembolso do dia descontado pela instituição financeira e também deverá autorizar a compensação das horas do dia não trabalhado.

A segunda ação – Processo nº 0020563-63.2021.5.04.027 – visa cobrar a diferença de 1% paga a menos para os funcionários da parcela do PLR Social. A Caixa descumpriu ao disposto no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) sobre o pagamento da Participação dos Lucros e Resultado 2020 e 2021.

“A Caixa, apesar dos inúmeros apelos realizados pelo Sindicato e Federação, continua a descumprir o que é de direito dos funcionários. E para garantir o cumprimento do Acordo Coletivo da categoria, o sindicato ajuizou estas ações”, explica o coordenador da Secretaria de Comunicação do Sindicato e funcionário da Caixa, Márcio Colombo. “Não vamos aceitar que o Acordo Coletivo seja descumprindo, pois é fruto da luta de toda a categoria bancária.”

Além destas duas ações existem diversas outras em andamento. Para integrar as ações coletivas é necessário ser associado ao sindicato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − 1 =