Presidente da Caixa faz campanha para Bolsonaro em horário de expediente

Em reportagem para o site “Reconta aí“, a repórter Tarsila Braga revela que a nova presidente da Caixa faz campanha eleitoral para Jair Bolsonaro em horário de expediente, o que é proibido por lei

 

A nova presidente da Caixa, Daniella Marques, praticamente não é vista em eventos oficiais do Banco Público. A presidente figurativa só aparece quando o assunto é o Caixa para Elas. Na manhã desta segunda-feira (22), ela foi até Salvador para inaugurar um espaço do novo projeto da instituição – dedicado para mulheres – e aproveitou para ser cabo eleitoral de Bolsonaro em pleno expediente.

Durante sua visita à agência da Praça da Revolução, em Salvador, acompanhada do ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, Daniella Marques publicou vários vídeos em suas redes sociais enaltecendo Bolsonaro. Os vídeos foram publicados entre 10 e 12 horas. Inclusive, em um deles, a presidente da Caixa fez questão de marcar o presidente Bolsonaro, fazendo o seu papel de boa cabo eleitoral.


Da esquerda para a direita: Ministro da Cidadania, empreendedora, Daniella Marques

O fato é que a Lei Eleitoral NÃO PERMITE que funcionários públicos façam qualquer tipo de campanha política durante o horário de trabalho. Veja abaixo como está escrito na legislação:

Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:

III – ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado

Ou seja, a presidente da Caixa, Daniella Marques, fez tudo errado. Ela estava em horário de trabalho, no fim da manhã desta segunda-feira (22), inaugurando o espaço Caixa para Elas na agência da Praça da Revolução, em Salvador, gravando vídeos para as suas redes sociais e marcando Bolsonaro para fazer propaganda eleitoral para ele.
Inclusive, no fim do dia, ela postou uma foto com o ministro da Cidadania dizendo que estavam pegando o avião para assistir ao Jornal Nacional. Neste caso, a presidente da Caixa estava fazendo uma referência à sabatina do Bolsonaro no JN, que aconteceu nesta segunda-feira (22), à noite.

Veja todos os vídeos publicados nos stories do perfil pessoal de Daniella Marques na manhã desta segunda-feira (22). A imagens foram salvas pelo Reconta Aí exatamente às 11h32 desta terça-feira (23). Na parte superior dos vídeos aparece há quantas horas ele foi publicado. Assim, no caso das imagens que aparecem “24h”, quer dizer que foram publicadas, mais ou menos, entre 10h30 e 11h30 do dia anterior (segunda-feira, no caso).

O marketing do Caixa para Elas

O marketing em cima do Caixa para Elas é enorme. Afinal, é preciso muito esforço para apagar a mancha de assédio sexual e moral deixada pela gestão de Pedro Guimarães. E para isso, Daniella Marques deixa tudo de lado e só aparece quando o assunto é o novo projeto da instituição.

Mas, como dizem fontes ouvidas pelo Reconta Aí, de novidade o projeto não tem nada. O Caixa para Elas nada mais é que que o Caixa Mais Brasil com um nome diferente e um marketing de que a mulher é o centro das atenções.

E para enaltecer o programa, eles armam um grande circo para inaugurar o espaço em uma agência. Selecionam duas empreendedoras do local onde será o evento de inauguração, negociam o crédito para elas e convocam a imprensa.

 

Fonte: Fetrafi-RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 2 =