Após extensa negociação, bancos insistem em proposta rebaixada

Em negociação da Campanha Nacional Unificada dos Bancários (campanha salarial) – iniciada na tarde desta segunda-feira 29 e que avançou pela madrugada de terça 30 – os bancos continuaram intransigentes na sua proposta, impondo reajuste abaixo da inflação e pretendendo substituir por aumento no vale-alimentação.

O Comando Nacional dos Bancários ficará de plantão até o final do dia desta terça-feira 30 e convocará assembleia para esta quarta 31.

“Insistimos muito no aumento real e a Fenaban continuou insistindo em dar um reajuste abaixo da inflação. Isso é um absurdo. A Fenaban não está valorizando os bancários, que tanto dão lucro aos bancos. Então, o Comando decidiu que não é possível continuar devido a intransigência dos bancos. Paramos a negociação. O Comando irá se reunir, a partir das 11h, para decidir os próximos passos. Já estamos chamando assembleias para quarta-feira 31, para que os bancários decidam os próximos passos da nossa categoria. O Comando estará aqui, em São Paulo, até o final do dia, aguardando se teremos uma nova mesa de negociação com a Fenaban”, informou Ivone Silva, presidenta do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários

Nossa negociação com os banqueiros nesta rodada que começou na tarde de segunda só terminou agora e com o mesmo resultado das outras: frustração, concluir Ivone Silva.

Fonte: Bancários de São Paulo, Osasco e Região (@spbancarios)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 − doze =