Financiários do RS conquistam aumento de 10,12% e outros avanços

A negociação para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho das instituições financeiras não-bancárias conquistou importantes avanços. Entre as principais definições está a correção do piso salarial e outras verbas em 10,12%, e o aumento também nos vales e demais benefícios.

“Após diversas rodadas de negociação, fechamos um acordo bastante positivo para a categoria e vamos orientar a aprovação em assembleia”, afirma o diretor jurídico da Fetrafi-RS, Luiz Carlos Barbosa.
“Ao longo da campanha, não abrimos mão do aumento real e da reposição do poder de compra. Os financiários estão sendo reconhecidos e valorizados”, completou o diretor da Fetrafi-RS Sandro Cheiran, que participou das negociações.

Veja o que foi conquistado pela Comissão de negociação com o Sindicato das Instituições Financeiras Não Bancárias do Rio Grande do Sul (Sindfin):

– Reajuste de 10,12% do piso atual (R$ 1.919,43), que chegará a R$ 2.113,67, com incidência em outras verbas como auxílio creche, auxílio doença, gratificação semestral e de função, por exemplo;
– Correção de 17% na Ajuda Alimentação e no Cheque Negociação Sindical;
– 10% do piso para Quebra de Caixa;
– 17% nos anuênios;
– Criação da jornada de 8 horas para trabalhadores em TI, com o valor do piso acrescido em duas horas;
– Implantação do teletrabalho e do banco de horas

Após aprovação pela categoria, o acordo terá validade de dois anos, com data de 1º/08/2022 a 31/07/2024. No segundo ano, o salário será reajustado conforme o Índice Nacional de Produtos ao Consumidor (INPC) da data-base.

Fonte: Fetrafi-RS/Portal Bancários RS

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 + 3 =